Motricidade e movimento


por Keice Granzotto Casarri

Para que uma dança aconteça é preciso existir movimentos e, quando se fala em movimento, é essencial falar também em motricidade. A motricidade humana é o pré-ato existente para que o movimento aconteça. Trata-se da conduta motora, do conjunto das habilidades e capacidades, da energia processada dentro do próprio ser e que, por ser dotada de sentido, pode se construir de infinitas maneiras.

Alguns autores afirmam que motricidade e corporeidade (conceito já mencionado em outro post) são abordagens praticamente iguais. Outros, assim como eu, acreditam que as linhas das definições são tênues, porém visíveis. Motricidade e corporeidade caminham lado a lado. A motricidade faz o corpo se mover e a corporeidade manifesta esses movimentos. Um mundo (a própria pessoa) em outro mundo (o do envolvimento).  

Pela motricidade o homem se afirma no mundo, se realiza, dá vazão à vida. Pela motricidade ele dá registro de sua existência e cumpre sua condição fundamental de existência. A motricidade é o sistema vivo do mais complexo de todos os sistemas: o corpo humano.  A corporeidade integra tudo o que o homem é e pode manifestar nesse mundo: espírito, alma, sangue, osso, nervos, cérebro, etc. A motricidade é a manifestação viva dessa corporeidade, é o discurso da cultura humana […] (FREIRE, 1991)

Todo movimento é transformação e velocidade. Tem extrema prontidão, é rápido, mas também é habitado por uma lentidão, uma retenção que surge da capacidade de resistência do próprio corpo. O mesmo corpo que se entrega ao movimento também resiste a ele, e é desta dinâmica que surge a dança.

Dessa forma, entra em cena um processo reflexivo e subjetivo do corpo. O movimento é abstrato, está vinculado a todo o modo de ser de alguém. Não é só o corpo que se manifesta pela ação do fenômeno de se movimentar. Não é apenas a atividade mecânica que aparece durante uma dança, é o individuo por inteiro que está ali.

Anúncios

6 Respostas

  1. Olá,

    Sou professora de dança de salão, e adoro ler/pesquisar artigos sobre fundamentos de educação, e por isso adorei suas matérias, pois hoje em dia os dançarinos e professores se preocupam apenas com a prática da linguagem, mas esquecem de procurar se informar e aprender sobre a teoria, que na minha opinião, é o conceito fundamental que antecede a prática!

    Parabéns!

    Beijos.

    • Priscilla,
      Obrigada pelo elogio!
      Fico feliz que tenha gostado das matérias. Gosto muiiiitooo do tema, é minha área de pesquisa preferida e, por isso, tento sempre escrever sobre conteúdos interessantes.
      Fique à vontade para passar pelo blog sempre que quiser e deixar seus comentários/opniões nos posts. Atualizo toda semana!
      Bjs!

  2. Concordo com Lú.
    Keice, você consegue nos mostrar suas duas grandes paixões através de palavras, e isso é lindo!
    Admiro muito a quem tem esse dom, pois amo comunicação tbm.

    Parabéns!!

  3. Keice, sem dúvida esse blog e todos os posts revelam as suas grandes paixões: a dança e a comunicação e, esse casamento, deu muito certo, a leitura nos passa essa sintonia. Parabéns! Muito show!!! bjs


    • Vc está certa. Dança e comunicação são mesmo duas das minhas grandes paixões e fico feliz em saber que consigo transmitir isso para quem lê o blog.
      Obrigadaaaaa!!!
      Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: