Qual o nome do espetáculo?


por Keice Granzotto Casarri

O espetáculo de dança está pronto. Eis a questão: que nome dar a ele? Partindo desta preocupação de escolas e profissionais de dança, procurei esboçar algumas orientações simples, baseadas nos conceitos de marketing. Veja  cinco dicas que podem ajudar na escolha:

  1. O nome não precisa explicar ou sintetizar tudo o que público irá assistir. Ele deve trazer a essência do espetáculo. Comece com um brainstorming, a técnica da tempestade de idéias. Não despreze nada, nem mesmo o que parecer absurdo.
  2. Alguma gracinha pode ser bem-vinda, desde que utilizada na dose certa e que o contexto do espetáculo aceite.
  3. Evite nomes totalmente em outros idiomas. Se for necessário, traduza, ou mescle. O melhor mesmo é português.
  4. Não utilize pontos, parênteses, hífens, colchetes ou coisas do tipo. Isso só complica, pois pode gerar dúvida na hora da leitura e pronúncia.
  5. Ao optar por um título muito longo, procure imaginar como o espetáculo será chamado no dia a dia. Os nomes longos são sempre encurtados pelo público, como um “apelido”. É importante pensar que apelidos podem surgir.

Essas dicas não servem apenas para espetáculos, mas também podem ser adaptadas a performances, congressos, encontros, mostras e festivais. Um bom título favorece o espetáculo e ajuda a embelezar. A escolha do título é tão importante quanto ensaiar, produzir e apresentar. Escolha com responsabilidade.

Anúncios

2 Respostas

  1. Parabéns pelo Blog!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: