Um lindo dia dançante


Untitled-3por Keice Granzotto Casarri

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA DANÇA!!!

E nessa data, todos os anos, eu ainda me pergunto: “porque não comecei a dançar antes?

Um feliz 29/04/14 para todos aqueles que, como eu, carregam a dança no coração.

Dia Internacional da Dança


por Keice Granzotto Casarri

Para todos que dançam com o coração, um lindo texto de uma amiga.
Um feliz dia para todos os amantes dessa arte!

“A todos os bailarinos. E aos dançarinos. E aqueles que dançam só no final de semana ou quando dá vontade.

Aos da dança de salão. Aos da dança de rua. Aos clássicos. Aos contemporâneos. Aos dos musicais. Aos modernos. Aos de bollywood. Aos de pole dance. Aos de maracatu. Aos de frevo. Aos da primeira, da segunda e da terceira idade.

A dança não tem fronteiras. Tem alma. Uma só, compartilhada por milhões de pessoas. Quem dança admite que não há diferenças. De cor, de credo, de religião, de vida.

Somos todos parte de um único Universo  e dançamos para termos certeza de que estamos VIVOS. Dançamos porque nosso corpo pede pelo movimento, e nossa alma implora por cada passo.

Eu tenho orgulho de ser do mundo da dança, porque o mundo da dança é de todo mundo”.

Dia Internacional da Dança


por Keice Granzotto Casarri

Parafraseando Leandro Delalata: quando uma música tocar e sentir vontade de dançar, trata-se da nossa alma pedindo para se manifestar em um mundo que vive de movimentos, grandes sensações e é puro sentimento.  Então, desligue-se de todas as coisas do cotidiano, não se importe com nada e dance. 

Esta é uma singela homenagem ao dia da dança e a todos os amantes dessa arte!

Dia internacional da dança


por Keice Granzotto Casarri

Uma sequência de passos, gestos e movimentos corporais que manifestam-se no ritmo musical: a dança.

Desde 1982, no dia 29 de abril comemora-se o dia internacional da dança, instituído pela UNESCO em homenagem ao criador do balé moderno, Jean George Noverre.

Parabéns a todos os profissionais, praticantes e admiradores dessa arte!

Dançar é escrever com o corpo
no espaço estendido à frente,
alongar-se, encolher-se,
rodopiar, inclinar-se
jogar-se em absoluta confiança no outro…
Dançar é tocar música com gestos…*

* Trechos da poesia de Clevane Pessoa de Araujó Lopes